Gráfico Box Plot

Neste artigo, iremos mostrar como montar um gráfico box plot tanto no Excel 2016, quanto nas suas versões anteriores.

Mas antes iremos brevemente falar o que é o gráfico box plot, para depois começarmos a colocar a mão na massa.

O que é um Gráfico Box Plot

De acordo com o Wikipedia, o diagrama box plot é frequentemente utilizado para analisar e comparar o quanto uma variável varia dentro de um conjunto de dados, através dos seus quartis.

Assim, de forma visual, fica fácil de identificar aonde os 50% dos valores mais prováveis se encontram, a mediana e os valores mínimo e máximo.

Gráfico Box Plot – Excel 2016

Caso o seu Excel seja a versão 2016, será muito fácil montar o diagrama box plot.

  1. Selecione os valores desejados. No nosso exemplo os valores selecionados foram da célula G2 até a célula G9.
  2. Clique na aba “Inserir”
  3. Clique no ícone que está no meio dos gráficos.
  4. Selecione o gráfico caixa e caixa estreita.

O seu gráfico deverá estar da seguinte forma.

Viu como foi fácil montar no Excel 2016 o gráfico box plot.

Agora, se o seu Excel for alguma versão anterior, preste atenção no conteúdo a seguir.

Para montar o diagrama box plot nas versões anteriores a 2016, é um pouco mais complicado, mas não impossível.

Montar a tabela

Primeiramente iremos montar a nossa tabela conforme a figura abaixo.

Os dados da coluna B são os dados que serão utilizados.

Na coluna E, iremos inserir algumas funções necessárias para montar o diagrama box plot, que irão utilizar os dados da coluna B.

Devido o diagrama box plot não ter no Excel anterior ao Excel 2016 é necessário realizar alguns cálculos antes de montar o gráfico. Por isso que é necessário ter as informações da coluna D e E.

Segue abaixo uma imagem de um gráfico box plot, mostrando aonde cada item da coluna D e E será utilizada no nosso box plot.

  1. É o limite superior
  2. Mediana
  3. Limite inferior
  4. Caixa 3
  5. Caixa 2
  6. Caixa 1

As caixas 1, 2 e 3 que serão as responsáveis pelo visual do gráfico box plot.

Inserção das fórmulas

Para poder montar o gráfico box plot será necessário utilizar as seguintes funções:

  1. MÍNIMO
  2. QUARTIL.INC
  3. MED
  4. MÁXIMO
  5. MÉDIA

Iremos inserir as funções acima nas células da coluna E, igual a figura abaixo.

Após inserir as fórmulas, a sua tabela deverá estar da seguinte forma.

Montar o gráfico

Agora iremos começar a utilizar os nossos dados para montar o gráfico box plot.

Faça uma seleção da célula D7 até a célula E9. Agora iremos inserir o gráfico do tipo coluna empilhada.

  1. Clique na aba “Inserir”
  2. Depois clique no ícone com os gráficos
  3. E por último selecione gráfico do tipo coluna empilhada.

O seu gráfico deverá aparecer da seguinte forma.

Será necessário fazer uma pequena alteração para que o gráfico fique realmente no formato de coluna empilhada. Para isso:

  1. Clique no gráfico. Ao clicar no gráfico duas abas a mais irão aparecer no topo do Excel. A aba “Design” e a aba “Formatar”. Essas abas são para fazer algum tipo de melhoria ou alteração no gráfico selecionado.
  2. Clique na aba “Design”
  3. Clique em “Alternar Linha/Coluna”

Agora o seu gráfico deverá estar da seguinte forma.

Agora sim, ele está no formato de grafico empilhado.

Adicionar limite superior do gráfico box plot

Para adicionar o limite superior do box plot, clique na parte cinza do gráfico.

  • Com a parte cinza selecionada, clique na aba “Design”
  • Vá em “Adicionar Elemento Gráfico” em selecione “Barras de Erros”
  • Uma nova janela irá aparecer do lado direito, clique em “Mais Opções de Barras de Erros”

Uma janela irá aparecer do lado direito da tela.

  1. Selecione “Mais”
  2. Selecione “Personalizado”
  3. Clique em “Especificar Valor”

Mais uma janela irá aparecer.

Em “Valor de Erro Positivo”, apague os valores presentes e selecione a célula E12. O seu gráfico deve estar parecido com a imagem abaixo.

Adicionar limite inferior

Para adicionar o limite inferior os passos são bem parecidos com os passos necessários para adicionar o limite superior. Clique na parte azul do gráfico.

  • Com a parte azul do gráfico selecionada, clique na aba “Design”
  • Vá em “Adicionar Elemento Gráfico” em selecione “Barras de Erros”
  • Uma nova janela irá aparecer do lado direito, clique em “Mais Opções de Barras de Erros”

A mesma janela irá aparecer do lado direito, mas dessa vez, ao invés de selecionar “Mais”, selecione “Menos”.

Depois selecione “Personalizado” e por último clique em “Especificar Valor”. Na janela que aparecer, selecione tudo que está na parte “Valor de Erro Negativo” e apague. Agora clique na célula E13.

Após esse procedimento, o seu gráfico deverá estar parecido com a imagem abaixo.

Agora está bem mais parecido com um diagrama box plot, faltando apenas algumas formatações no gráfico de barras para que ele fique totalmente parecido com o gráfico box plot.

Formatação Final

Nesta parte final do tutorial, iremos realizar a formatação final no nosso gráfico, para que ele fique com a cara de um gráfico box plot.

  1. Clique com o botão direto do mouse encima da parte azul do gráfico.
  2. Uma janela irá aparecer próximo do gráfico. Clique em “Preenchimento”
  3. Uma nova janela irá aparecer
  4. Por último, clique em “Sem Preenchimento”.

A parte azul do gráfico sumiu, ficando mais fácil de ver o limite inferior do gráfico. Agora, precisamos formatar a parte do meio e a de cima do gráfico.

  1. Clique na parte cinza do gráfico.
  2. Certifique-se que a parte cinza esteja selecionada, e clique na aba “Formatar”
  3. Clique em “Preenchimento da Forma”
  4. Selecione o cinza claro. Clique na parte laranja do gráfico e repita novamente os passos 1, 2, 3 e 4.
  5. Agora precisamos deixar mais destacado a linha que representa a mediana. Clique na parte de cima do gráfico.
  6. Clique na aba “Formatar”
  7. Vá em “Contorno da Forma”.
  8. E selecione o cinza escuro.

Agora sim, o nosso gráfico está com a aparência de um gráfico box plot.

Compartilhe, Comente e SE INSCREVA

Chegamos ao final do artigo.

Se você curtiu esse artigo compartilhe com as suas redes sociais e não se esqueça de deixar um comentário aqui embaixo e se inscrever para receber todas as nossas novidades.

Referência: Contextures

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *